Quando o amor chegar...



Quando o seu amor chegar, você vai saber ser ele. Ahhhh tá, eu sei, eu sei, que você já pensou ser ele tantas vezes, né?! Mas pensa bem, com o fundo do seu coração e de sua alma, sozinha, você e seu travesseiro, os outros deram sinais de que não eram o amor. Lembra?

Aquelas desculpas esfarrapadas, as faltas de ações, mas toda coragem do mundo para não vir, não ligar, não chegar. Aquele desinteresse de retornar as ligações, aquela falta de tato de ligar no dia seguinte, aquele blá-blá-blá ensaiado que eles insistem em declamar, aqueles atrasos reincidentes...

Mas também verdade seja dita, às vezes o grande amor não chegou ainda, mas você já ensaiou o quase amor. Não deu certo por várias razões, ou dá certo pelo tempo que tem que dar. Porque também às vezes a hora é certa com a pessoa errada. Ou acontece de ser a pessoa certa na hora errada.

É... a mira do moço-cupido não é certeira muitas vezes, ou não para exatamente todas as pessoas. O importante é viver. Experimentar. Celebrar. Tentar. Com juízo, é verdade, afinal, toda ação tem consequência.

Viva a sua vida sem esperar o grande amor a cada topada na rua, a cada esbarrão na esquina, a cada piscada despretensiosa, a cada convite, a cada cantada, a cada elogio, a cada pizza, a cada olhada no metrô... Vá vivendo...


Uma hora o amor chegará e você pode estar tão distraída que nem vai perceber. Pode estar sem maquiagem; cabelo desgrenhado; precisando retocar a pintura; com aquela raiz escura, porque errou o tom; ou com aquela roupa surrada... Ou bela, deslumbrante e iluminada. vai saber. Um dia...

Você vai perceber que em todo o tempo de alerta, o Cupido estava cego, e foi quando você desencanou que o cupido treinou e acertou a mira. Acontece...

Pode ser no supermercado, no velório, na padaria, no elevador, nas redes sociais, no corredor do shopping, um reencontro com amigo dos tempos do colégio... vai saber o cenário que o Cupido combinou com Deus, né?!

Uma coisa é certa: Deus e Cupido se reuniram recentemente e estão preparando uma festa do arromba para o seu coração. O nome da festa? Encontro de almas.

Espere, quem viver verá. 😉


(sheila mendonça)

16 comentários:

  1. Que lindo o texto... Concordo plenamente... Espero que finalmente o cupido tenha acertado! Pelo menos feliz estou, e muito! Quando menos esperamos, ele chega!
    Beijinhos
    Lylu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi minha linda, que bom que curtiu o texto, obrigada. Fico muito feliz ao saber que você tá feliz, é assim mesmo, quando menos esperamos ele chega. Seja feliz sempre!
      Beijo, beijooooo no seu coração.
      She

      Excluir
  2. Adorei amiga! Eu e o Cleiton nos encontramos uma vez, dois anos antes de começarmos a namorar. Não aconteceu nada, só conversamos. Mas sabe que eu acho que era a pessoa certa na hora errada? Por isso não deu certo na época. E quando aconteceu, eu nem esperava <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Viu só?! Aconte e muito, amiga. Sem querer mirei na sua história... rsrsrs Obrigada pela visita e que bom que curtiu o texto.
      Beijo, beijooooo no seu coração.
      She

      Excluir
  3. Muito lindo e esse encontro é o dos bons! Adorei! bjs, chica

    ResponderExcluir
  4. Você escreve de uma forma que sempre nos prende e é assim mesmo que as coisas acontecem até um encontro verdadeiro, tão esperado.
    Beijos. Élys.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi querido Élys, que gostoso saber disso, muito obrigada.
      Beijo, beijoooo
      She

      Excluir
  5. Ah, vou esperar então! Se vc falou que Deus e Cupido estão dando um jeito, certeza que coisa boa será!
    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rsrsrsrsrs sim, sim, minha querida Clara, confie :)
      Beijo, beijoooo!

      Excluir
  6. Oi She,
    A crônica é linda, mas o duro é quando alguém cisma que a gente é a alma gêmea dele e a gente não vê nada naquela pessoa. Já aconteceu comigo e não recomendo. Melhor errar o alvo do que ser o alvo errado.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi minha querida, Betty, ah é verdade, que situação, né?! Ser alvo errado deve ser uó mesmo, esta experiência nunca vivi. Espero que tenha acabado bem a história.
      Beijo, beijooooooo e obrigada pelo comentário e presença.

      Excluir
  7. Que delícia de texto She!!!
    Confesso que meu cupido errou umas tantas vezes antes de acertar, he he. E há treze anos o amor chegou e ficou, uhuuuu!!!
    PS: Estive aí na "Terrinha" em setembro p/ o Rock in Rio, mas foi bate e volta de fim de semana...
    Beijinho grande!!!
    Bia
    www.biaviagemambiental.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkk acontece mesmo, minha querida Bia, ainda bem que ele já acertou.
      Quando vier com calma por aqui me avise para tomarmos um café. Saudades.
      Beijo, beijooooo!

      Excluir
  8. Oi, She!
    Os erros são apenas ensaios porque quando o amor acontece de verdade, ele é reconhecível de longe!! :) Melhor não esperar, mas deixar acontecer!
    Beijus,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oieeeee querida Luma, concordo plenamente contigo.
      Beijo, beijooooo, lindona!

      Excluir

Comente à vontade e seja bem-vindo!